Ely Aguiar comenta impasses no cenário político do Estado

O deputado Ely Aguiar (PSDC) disse, em pronunciamento na sessão plenária desta quarta-feira (16/03), que a política no Ceará vive um momentodelicado, de “engodo político”.

As declarações do governador Cid Gomes que defende a candidatura de seu irmão Ciro ao Senado Federal pelo Ceará, segundo comentou o parlamentar, geraram indignação do senador Inácio Arruda (PCdoB) e da prefeita Luizianne Lins (PT), que almeja, segundo Ely, este cargo.

Outra discordância, relatou o deputado, ocorre para a disputa da Prefeitura de Fortaleza em 2012. Cid Gomes, segundo Ely Aguiar, sugeriu o nome de seu secretário de Cidades, Camilo Santana, mas Luizianne quer eleger diretamente seu sucessor.

“Só aí temos três políticos que não estão afinados. Ninguém se entende e a população fica sem saber qual a ideologia política destas pessoas. No Brasil, o que existe é a ideologia de interesses. Muita gente está no balaio pela conveniência”, afirmou.

Para Ely Aguiar, se existisse afinação entre as várias forças políticas cearenses, haveria união de forças em prol de melhorias para Fortaleza e seus moradores. “A Capital vem pagando um preço altíssimo por esta desunião, esse acordo superficial onde todos querem chegar ao mesmo ponto. Não pode dar certo”, criticou.

Em aparte, o deputado Mário Hélio (PMN) disse que não existe político no mundo que governe uma cidade como Fortaleza ou um estado como o Ceará sem uma coalizão de partidos. “Ninguém pode tirar o direito de Inácio, Luizianne ou de qualquer outro de ser candidato. O governador é que tem que afinar este processo”, comentou.

O deputado Fernando Hugo (PSDB) observou que a Capital está desassistida pelo poder público. Ele destacou a preocupação com o risco de dengue e a situação caótica dos hospitais de Fortaleza.

Pin It

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *