IEL apresenta terceira chamada do programa em Juazeiro do Norte

IFCE - Juazeiro do Norte abre seleção para curso técnico em MecânicaOs 11 municípios da Região do Cariri têm participação de 5,2% na economia cearense, com produção de R$ 4,5 bilhões. O setor industrial representa 18,2% da economia da região. Juntando isso à existência de 68 cursos de graduação, sendo 11 deles nas áreas de Engenharia; Produção e Construção; Ciências; Matemática; e Computação, cria-se um ambiente favorável à inovação e ao desenvolvimento de projetos de pesquisa e desenvolvimento (P&D). Justamente aproveitando esse potencial, o Instituto Euvaldo Lodi (IEL-CE) realiza, em Juazeiro do Norte, no próximo dia 29 de outubro, às 19h, na sede do SESI, uma reunião técnica para apresentação da terceira chamada do Programa Inova Talentos, cujo objetivo é incentivar a criação de projetos de inovação nas empresas e institutos privados de pesquisa e desenvolvimento (P&D).
Empresas e institutos privados de pesquisa têm até o dia 5 de dezembro para cadastrar projetos de inovação e obter apoio do Instituto Euvaldo Lodi (IEL) e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) para tirar essas ideias do papel.
Com esta 3ª chamada, o Inova Talentos está prospectando empresas para absorver profissionais especializados na área de pesquisa, desenvolvimento e inovação. As instituições podem indicá-los para desenvolver, como bolsista do CNPq, projetos de interesse empresarial. As empresas participantes terão assessoria técnica do IEL para a elaboração e encaminhamento dos Planos de Trabalho do trainee.
Nas duas primeiras chamadas, 28 projetos foram aprovados.O programa atende estudantes de todas as áreas de conhecimento do último ano de graduação (R$1.500,00), graduados (R$2.500,00) e mestres com até três anos de conclusão da graduação (R$3.000,00).
Inova Talentos
O Inova Talentos é um programa que visa ampliar o número de profissionais qualificados em atividades de inovação no setor empresarial brasileiro.
Estimular a indústria brasileira a manter-se competitiva, diversificada e inovadora é o caminho para o desenvolvimento sustentado do país. O programa foi idealizado sobre esses conceitos, com o objetivo de incentivar a criação de projetos de inovação nas empresas e institutos privados de pesquisa e desenvolvimento (P&D). A ideia é simples: selecionar, capacitar e inserir no mercado profissionais para exercerem atividades de inovação.
Para participar, as empresas devem apresentar um projeto de inovação no qual o profissional selecionado terá uma contribuição relevante. O IEL realizará um processo estruturado de assessoria aos participantes que terão a oportunidade de vivenciar o ambiente empresarial, e receberão capacitações que visam o desenvolvimento de competências comportamentais, gerenciais e técnicas.
Inovação em números
A Pesquisa de Inovação Tecnológica (Pintec 2008), divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgada em 2010, mostra o cenário da inovação no Ceará e no Brasil. Cerca de 100 mil empresas foram pesquisadas, dessas 2.085 cearenses. Entre as empresas cearenses pesquisadas, 59,7% inovaram em suas atividades. Número não muito distante dos 61,9% registrados nas empresas de todo Brasil.
Os gastos com atividades inovadoras das empresas cearenses superaram, em porcentagem, os gastos das empresas brasileiras em aquisição de máquinas e equipamentos, aquisição de software e introdução das inovações tecnológicas no mercado.
Estudo mais recente, do Instituto de Desenvolvimento Industrial do Ceará (INDI), divulgado em maio de 2013, faz um levantamento dos grupos de pesquisa existentes no estado. Eles são fonte de geração de conhecimento científico e tecnológico no Brasil ao produzirem ciência para dar suporte à atividade inovativa das empresas. No país, existem mais de 27 mil grupos, dos quais 70% estão nas regiões Sul e Sudeste. O Nordeste possui 4.812 grupos e o Ceará conta com 656, ficando em 10º no ranking nacional.
Propriedade Intelectual no Cariri
Segundo a pesquisa, o Ceará apresenta concentração da produção acadêmica em determinadas regiões. Mais de 75% dos grupos de pesquisa estão na Região Metropolitana de Fortaleza. A região Sul registra cerca de 13%, ficando em segundo lugar.
No Cariri, no que diz respeito às atividades de pesquisa e desenvolvimento (P&D), atuam 83 grupos de pesquisas, 43 dos quais com linhas de pesquisas relacionadas ao setor produtivo, totalizando 332 pesquisadores em áreas como meio ambiente, saúde, biotecnologia, economia criativa, agroalimentar, construção civil, metalmecânico, minerais, energia, entre outros.
Para esclarecer empresários e gestores do Cariri sobre patentes, que é um dos fatores que refletem o grau de inovação de um país, resultando na competitividade da indústria cearense, a Confederação Nacional da Indústria (CNI) e o IIEL/CE realizam no dia 28 de outubro, no Sebrae de Juazeiro do Norte, o curso Introdução à Propriedade Intelectual e Gestão da Inovação. O curso é gratuito e as vagas limitadas.
O objetivo é apresentar modelos de negócios que utilizem propriedade intelectual, mostrando as possibilidades de integração da comercialização de bens intangíveis como parte dos negócios da empresa.
O curso é uma iniciativa do Programa Propriedade Intelectual para Inovação na Indústria, liderada pela CNI, que consiste na disseminação e capacitação para o uso estratégico da propriedade intelectual na América Latina. A formação, destinada a diretores, gerentes e técnicos, terá como instrutor o advogado André Venturini, do escritório Licks Associados.

Serviço: Reunião Técnica de Apresentação da Terceira Chamada do Programa Inova Talentos

Data: 29 de outubro (quarta-feira)

Horário: 19h

Local: SESI – Rua José Marrocos, 2265 , Romeirão – Juazeiro do Norte
Confirmação de presença: (88) 9718 1999 / (85) 3421 6526 / 6534 ou pelos e-mailsgapereira@sfiec.org.br ou cpereira@sfiec.org.

Pin It

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *