Polícia cumpre 51 mandados de busca e apreensão no Crato, no Ceará

As Polícias Civil e Militar cumprem 51 mandados de busca e apreensão na cidade do Crato, na região do Cariri, na manhã desta sexta-feira (27). Segundo a polícia, a operação, chamada de “Hora da Verdade”, é realizada em parceria com o Ministério Público do Ceará (MP-CE) e investiga supostas fraudes licitatórias na prefeitura e da câmara de vereadores.
O valor das licitações sob investigação é de R$ 3.152.172,72. Segundo os órgãos envolvidos, uma força-tarefa com nove promotores de Justiça e equipes policiais foi montada, os grupos estão executando os mandados relacionados a secretários municipais, empresários, membros da comissão de licitação da prefeitura, advogados e um vereador.
Foto: Memória do Crato/Fanpage

 Os mandados, segundo os órgãos, devem auxiliar na coleta de provas para a finalização das investigações, que apontam para a existência de um suposto esquema de contratações indevidas. Foram apreendidos nesta sexta-feira computadores e documentos.
Suspeita-se que licitações tenham sido dispensadas em favor de doadores de campanha do atual prefeito do Crato; de superfaturamento na contratação do transporte escolar; de recebimento, nos almoxarifados, de produtos completamente diferentes e mais baratos do que os contratados pelo poder público; além de merenda escolar estragada e com insetos.
Dispensa de licitação
Sobre os trabalhos da Polícias Civil e Militar, o prefeito do Crato, Ronaldo Sampaio Gomes de Matos, disse que a investigação é referente ao ano de 2013 e que pegou a prefeitura desorganizada e desarticulada.
“Pelo que eu fiquei sabendo neste momento são referência a 2013. O primeiro semestre de 2013 quando nós chegamos e encontramos a casa totalmente desorganizada e desarticulada. Não tinha ninguém que respodesse por nada. Nós tinhamos que colocar os ônibus escolares, mereda escolar, combustiveis. Nos anos anteriores usamos a dispensa de licitação para começar o ano”, afirmou Ronaldo.

Fonte: G1

Pin It

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *