Seu Lunga poderá ter museu

Seu LungaJoaquim Santos Rodrigues, o “Seu Lunga”, morreu  no sábado dia 22/11 na cidade de Barbalha. “Seu Lunga” tinha 87 anos e estava internado no Hospital São Vicente de Paulo há três dias, em Barbalha, por causa de um câncer de esôfago. O sepultamento foi domingo (23) no Cemitério do Socorro, em Juazeiro do Norte. Comerciante, poeta e repentista ganhou fama no Nordeste pelos causos que citavam seu mau-humor. Lunga nasceu no dia 18 de agosto de 1927, no Sítio Gravatá, na zona rural do município de Caririaçu, na Região do Cariri. Viveu a infância com os pais e sete irmãos no município de Assaré, e com 16 anos foi morar em Juazeiro do Norte. O cearense é um dos mais folclóricos nomes da cultura popular nordestina. Tornou-se personagem de inúmeras anedotas por suas respostas ao ”pé da letra”, diretas e intempestivas. Seu comércio à rua Santa Luzia, no centro de Juazeiro do Norte, fazia parte das visitações turística da cidade romeira. Sempre havia alí curiosos, na ansiedade de ouvir um pouco o Lunga,  alguns mas desinformado  simulavam alguma compra para comerçar o diálogo.

O Vereador Normando Sóracles do PSL/CE foi a público através de rádio local propondo ao poder público o tombamento do prédio onde funcionava a  loja do Seu Lunga, e que lá se faça um museu, para que não morra a memória do Lunga. Louvável propósito. Esperamos que a ideia tome força e que essa parte folclórica do Cariri não seja esquecida.

Pin It

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *